Armazenar cookies requer consentimento ativo dos usuários da Internet Diz Tribunal de Justiça da União Europeia

The Court of Justice of the European Union decides that the consent which a website user must give to the storage of and access to cookies on his or her equipment is not validly constituted by way of a prechecked checkbox which that user must deselect to refuse his or her consent.

en flag
nl flag
fr flag
de flag
pt flag
es flag

Comunicado de imprensa do Tribunal de Justiça da União Europeia

Acórdão no processo C-673/17, Bundesverband der Verbraucherzentralen und Verbraucherverbände. Verbraucherzentrale Bundesverband eV v Planet49 GmbH

Armazenar cookies requer o consentimento ativo dos usuários da Internet, uma caixa de seleção pré-marcada é, portanto, insuficiente.

A Federação Alemã de Organizações de Consumidores contestou perante os tribunais alemães a utilização, pela empresa alemã Planet49, de uma caixa de verificação pré-marcada relacionada com jogos promocionais online, através da qual os utilizadores da Internet que desejem participar autorizam o armazenamento de cookies. (1) Os cookies em questão visam para coletar informações para fins de publicidade dos produtos dos parceiros do Planet49.

O Bundesgerichtshof (Tribunal Federal de Justiça, Alemanha) solicitou ao Tribunal de Justiça que interpretasse a legislação da UE relativa à protecção da privacidade das comunicações electrónicas (2).

No acórdão hoje proferido, o Tribunal de Justiça decide que o consentimento que um utilizador do sítio Web deve dar ao armazenamento e ao acesso a cookies no seu equipamento não é validamente constituído por uma caixa de verificação pré-marcada que esse utilizador deve cancelar a sua seleção para recusar o seu consentimento.

Essa decisão não é afetada pelo fato de as informações armazenadas ou acessadas no equipamento do usuário serem ou não dados pessoais. O direito da UE visa proteger o utilizador de qualquer interferência na sua vida privada, em especial do risco de identificadores ocultos e outros dispositivos semelhantes entrarem no equipamento terminal desses utilizadores sem o seu conhecimento.

O Tribunal observa que o consentimento deve ser específico para que o facto de um utilizador selecionar o botão para participar numa loteria promocional não seja suficiente para concluir que o utilizador deu validamente o seu consentimento ao armazenamento de cookies.

Além disso, segundo o Tribunal, as informações que o prestador de serviços deve fornecer a um utilizador incluem a duração do funcionamento dos cookies e se terceiros podem ou não ter acesso a esses cookies.

NOTA: O pedido de decisão prejudicial permite aos órgãos jurisdicionais dos Estados-Membros, nos litígios que lhes tenham sido submetidos, submeter ao Tribunal de Justiça questões relativas à interpretação do direito da União Europeia ou à validade de um acto da União Europeia. O Tribunal de Justiça não decide o litígio propriamente dito. Competirá ao órgão jurisdicional nacional dispor do processo em conformidade com a decisão do Tribunal de Justiça, que é igualmente vinculativa para outros órgãos jurisdicionais nacionais perante os quais é suscitada uma questão semelhante.

(1) Os cookies são ficheiros que o fornecedor de um sítio Web armazena no computador do utilizador do sítio Web, aos quais esse fornecedor pode voltar a aceder quando o utilizador visita o sítio Web numa outra ocasião, a fim de facilitar a navegação na Internet ou transacções, ou para aceder a informações sobre o comportamento dos utilizadores.

(2) Directiva 2002/58/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 12 de Julho de 2002, relativa ao tratamento de dados pessoais e à protecção da privacidade no sector das comunicações electrónicas (Directiva relativa à privacidade e às comunicações electrónicas) (JO L 201, p. 37), alterada pela Directiva 2009/136/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 25 de Novembro de 2009 (JO L 337, p. 11), conjugado com o artigo 2.o, alínea h), da Directiva 95/46/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 24 de Outubro de 1995, relativa à protecção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados (JO 1995 L 281, p. 31) e do artigo 6.o, n.o 1, alínea a), do Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016, relativo à proteção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados, e que revoga a Diretiva 95/46 ( Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados) (JO 2016, L 119, p. 1).

Cópia completa em PDF do Tribunal de Justiça do Comunicado de Imprensa Europeu n.º 125/19, de 1 de outubro de 2019

Tribunal de Justiça da União Europeia n.° 125:19 — 100119

Leitura adicional

Jurisprudência InfoCuria — Processo 673/17 — Acórdão — 1 de outubro de 2019

Processo InfoCuria — Processo 673/17 — Parecer — 21 de março de 2019

InfoCuria jurisprudência — Processo 673/17 — Pedido — 3 de março de 2019

Fonte: ComplexDiscovery

Cinco ótimas leituras sobre eDiscovery em setembro de 2020

From cloud forensics and cyber defense to social media and surveys,...

Hora de uma mudança? FTC propõe alterações às regras de notificação de pré-fusão do HSR Act

The Federal Trade Commission, with the support of the Department of...

Uma temporada de férias eDiscovery abaixo? Macquarie prepara Nuix para IPO

According to John Beveridge, writing for Small Caps, Macquarie holds a...

Defesa Cibernética Colaborativa: O Exército dos EUA e a Estônia assinam Acordo Histórico

“Estonia is a cyber country of excellence with a robust cyber...

A Running List: Top 100+ eDiscovery Providers

Based on a compilation of research from analyst firms and industry...

Guia de Compradores de Sistemas de Disclosure — Edição 2020 (Andrew Haslam)

Authored by industry expert Andrew Haslam, the eDisclosure Buyers Guide continues...

A Corrida para a Linha de Partida? Anúncios recentes de revisão remota segura

Not all secure remote review offerings are equal as the apparent...

Ativando a Descoberta Eletrônica Remota? Um instantâneo de DAaS

Desktop as a Service (DaaS) providers are becoming important contributors to...

Para casa ou para fora? Considerações de preço e dimensionamento do mercado de coleta de eDiscovery

One of the key home (onsite) or away (remote) decisions that...

Revisões e decisões? Novas considerações sobre análises remotas seguras de eDiscovery

One of the key revision and decision areas that business, legal,...

Uma visão macro do tamanho do mercado de descoberta eletrônica passado e projetado de 2012 a 2024

From a macro look at past estimations of eDiscovery market size...

Um Mashup de tamanho de mercado de eDiscovery: 2019-2024 Visão geral de software e serviços em todo o mundo

While the Compound Annual Growth Rate (CAGR) for worldwide eDiscovery software...

Festivo ou Inquieto? A pesquisa de confiança dos negócios eDiscovery no outono de 2020

Since January 2016, 2,189 individual responses to nineteen quarterly eDiscovery Business...

Lançando uma rede mais larga? Pesquisa de Protocolos e Tecnologias de Codificação Preditiva — Resultados do Out

The Predictive Coding Technologies and Protocols Survey is a non-scientific semi-annual...

Negócios como incomuns? Dezoito observações sobre a confiança dos negócios de eDiscovery no verão de 2020

Based on the aggregate results of nineteen past eDiscovery Business Confidence...

Uma preocupação crescente? Restrições orçamentárias e o negócio de eDiscovery

In the summer of 2020, 56% of respondents viewed budgetary constraints...

Uma temporada de férias eDiscovery abaixo? Macquarie prepara Nuix para IPO

According to John Beveridge, writing for Small Caps, Macquarie holds a...

ayfie para Adquirir Haive

According to Johannes Stiehler, CEO of ayfie Group AS, “This acquisition...

Descoberta inovadora e Integro

“Integro and Innovative Discovery’s services and solutions are highly complementary. Our...

Parceiros de crescimento de software fazem investimento maioritário na Venio Systems

According to the press announcement, industry analysts have enthusiastically supported this...

Cinco ótimas leituras sobre eDiscovery em setembro de 2020

From cloud forensics and cyber defense to social media and surveys,...

Cinco grandes leituras sobre eDiscovery para agosto de 2020

From predictive coding and artificial intelligence to antitrust investigations and malware,...

Cinco grandes leituras sobre eDiscovery em julho de 2020

From business confidence and operational metrics to data protection and privacy...

Cinco grandes leituras sobre eDiscovery em junho de 2020

From collection market size updates to cloud outsourcing guidelines, the June...